Moradores de Pitangueiras fazem protesto após aumento de estupros

Houve crescimento de 71% no 1º semestre de 2018.

Investigação - Protesto em Pitangueiras reúne 100 pessoas contra o aumento de estupros na cidade. (Divulgação)

No domingo (16), cerca de 100 pessoas foram às ruas em Pitangueiras, em protesto pelo aumento dos casos de estupro em geral e de vulnerável, na cidade. Em comparativo, a cidade registrou sete casos no 1º semestre de 2017 e 12, em 2018.
Uma das organizadoras fala a Gazeta do medo da população: “Acontece em qualquer horário do dia. Ele só quer nos violentar”, relata.
Um homem de Pitangueiras está preso, o delegado afirma que é o principal suspeito, mas garante que também investiga outros e diz que na delegacia estão instaurados cinco inquéritos.

(…)

Leia mais na edição nº 10312, de 18 e 19 de setembro de 2018.