Preservar é a luta contra o esquecimento

História perdida - Incêndio destruiu Museu Histórico no Rio de Janeiro no domingo (1º). Só 10% do acervo foi salvo. (Divulgação Tania Rego /Agencia Brasil )

“Hoje, o homem é um infeliz desmemoriado”. Esta frase foi escrita por Ricardo da Costa, no artigo “História e memória: a importância da preservação e da recordação do passado”, publicado na revista eletrônica Sinais, em outubro de 2007. O autor discorre também que “sem memória, hoje, nossa civilização caminha desnorteada, pois não conhece seu passado, não tem consciência em seu presente, e não projeta perspectiva no futuro”.

(…)

Leia mais na edição nº 10308, de 7 a 10 de setembro de 2018.